A Por Vinicius Menegolo

Ainda que sejam capazes de criar ricos e apaixonantes universos, os animes de luta tendem a recair em uma série de clichês quase proprietários. Rankings, inimigos cada vez mais fortes, treinamentos intensos, aparelhos que medem aa força dos personagens e golpes com nomes complexos são elementos recorrentes e já foram vistos em dezenas de animes diferentes. De Dragon Ball à Pokémon, de Naruto à Full Metal Alchemist. Ainda que tenham histórias completamente distintas, é fácil identificar esses clichês em todos eles.

Anúncios
D Por Guilherme Murayama

Divertida Mente tem sido considerado o retorno da velha Pixar. A percepção é de que empresa norte-americana não fez tantas criações novas desde que foi comprada pela Disney, e optou por soluções comerciais nos últimos anos como a utilização de continuações das franquias mais famosas. A ideia comum está errada. Apesar da baixa produtividade, a Pixar apresentou nesta década sequências muito bem elaboradas. Toy Story 3 é um dos melhores longas já feitos pela companhia.

M Por Vinicius Menegolo

Minions é um fenômeno impressionante. Os personagens, criados para funcionarem como suporte cômico em Meu Malvado Favorito (2010), se tornaram maiores que o protagonista Gru e o trio de meninas dos longas originais. Na época do lançamento do segundo filme, as criaturas amarelas estavam por toda parte, de brinquedos a camisetas, passando pelo Mc Lanche Feliz. Não foi grande surpresa, portanto, quando a Universal anunciou que os Minions ganhariam um filme solo.

E Por Guilherme Murayama

Existe um cuidado especial nos filmes produzidos pela Laika, estúdio do animador e executivo Travis Knight. As animações criadas pelo estúdio têm um cuidado único na elaboração de stop-motions e fizeram sucesso em trabalho anteriores como “Coraline e O Mundo Secreto” (2009) e “ParaNorman” (2012). Não tem como não perceber o aspecto artesanal nos longas, são detalhes e peculiaridades que contrastam com as animações em 3D feitas pelos grandes estúdios americanos como Pixar e DreamWorks. Os Boxtrolls, novo filme da Laika, ressalta bem essa personalidade. O estúdio trás mais um longa repleto de caracerísticas próprias e cheias de autenticidade.

C Por Guilherme Murayama

Como Treinar o Seu Dragão 2 é o grande favorito ao Oscar de melhor animação. O filme é ruim. Com um roteiro fraco, a sequência de DeBlois e Chris Sanders até começa bem, mas desanda de modo desastroso na segunda metade do longa. Provavelmente, a qualidade do Como Treinar o Seu Dragão original é que tem sustentado o filme nas premiações. Além da indicação ao Oscar, o longa já garantiu um Globo de Ouro e o cobiçado Annie Awards de melhor animação.