Crítica | Duo.Tone

D Por Guilherme Murayama

Duo.Tone de Vitor Cafaggi é uma HQ simples e de poucas páginas. A história trabalha com a imaginação de um pequeno garoto que lembra em muito o Calvin de Bill Watterson. As páginas oscilam entre fantasia e realidade. As fantasias do garoto com uma capa improvisada tornam-se a vávula de escape numa mudança de cenário. O protagonista, uma criança prestes a se mudar para a cidade grande, se despede de seus amigos e de suas aventuras.

Cheia de metáforas, Duo.Tone é um trabalho minimalista que encanta desde suas primeiras páginas. Uma obra de excelência que se situa facilmente entre os melhores trabalhos do autor.

Nota: 9,0

Vitor_Cafaggi_Duotone07

Anúncios