Crítica | Bruna Vieira – Quando Tudo Começou

B Por Guilherme Murayama

Bruna Vieira, a autora do blog Depois dos Quinze, se une ao traço excelente da Lu Cafaggi para criar uma história sobre sonhos e anseios da juventude.

Em uma cidade pequena, Bruna, uma garota comum, se divide entre a timidez e as suas expectativas. Decidindo mudar de escola por conta própria, a jovem precisa enfrentar os desafios dos primeiros dias no novo colégio. Entre pássaros e conversas, a jovem passa a conhecer a si mesma e ao mundo. Sempre com um pouco de receio, constrangimento e uma boa dose de delicadeza.

03-juliana-fiorese3 (1) cópia

Sobre amadurecimento e desilusões. A garota passa por ponderações sobre a vaidade e apresenta dúvidas intrínsecas ao mundo real. “Bruna Vieira – Quando Tudo Começou” é uma história que flue bem, cheia de diversões e com um cuidado visual impressionante.

Nota: 9

 

 

Anúncios