Crítica | O Abutre (2014)

L Por Vinicius Menegolo

Lou Bloom (Jake Gyllenhaal) é um homem determinado. Desesperado por dinheiro, encontra uma oportunidade para trabalhar como cameraman freelancer e cobrir as desgraças noturnas de Los Angeles. Bloom passa suas noites correndo atrás de acidentes, assassinatos e outras ocorrências policiais a fim de conseguir um bom ângulo das tragédias e vender as imagens para Nina (Rene Russo), diretora de um telejornal sensacionalista, que vê nas cenas brutais e sangrentas de Bloom uma oportunidade de aumentar a audiência do programa.

Tenso e intenso, o filme faz uma ótima sátira à atuação da mídia na sociedade atual. De modo sombrio, explora o universo desses cinegrafistas carniceiros que alimentam o que há de mais duvidoso na televisão. Críticas à mídia também estiveram presentes este ano em RoboCop e Garota exemplar, mas estes filmes mostram as consequências do que é exibido, enquanto O Abutre explora a outra ponta desse ecossistema corroído que se retroalimenta. Quanto mais sangue nas telas, maior a audiência e mais necessários se tornam os nightcrawlers, os cinegrafistas que saem a noite em busca de sangue.

Em cena quase o tempo todo, Gyllenhaal brilha e apresenta o melhor desempenho de sua carreira até então, superando suas grandes atuações em Os Suspeitos (2013) e Brokeback Moutain (2005). Seu personagem é complexo e fascinante e, com alguma disfunção entre Asperger e sociopatia, age como se tivesse aprendido a socializar através de um manual, lembrando Travis Bickle de Taxi Driver (1976). Com sorrisos precisamente forçados nos momentos certos e com um olhar frio e mórbido, a indicação de Jake Gyllenhaal ao Globo de Ouro é mais do que merecida e sua indicação ao Oscar é praticamente certa.

Por fim, os parabéns a Dan Gilroy (O Legado Bourne, 2011), que conseguiu entregar um filme brilhante logo na sua estreia como diretor. Há bastante equilíbrio entre os diálogos fortes e as cenas de ação e, com duas horas de duração – um tempo curto para os padrões atuais – não há sobras nem cenas longas demais.Todo o excesso foi retirado para garantir que só o melhor fosse exibido. Sem dúvidas, um dos melhores filmes de 2014 e que continuará a ser lembrado por muito tempo.

Nota: 9

Recomendado para quem gostou de: Drive (2011) A Rede Social (2010) e Psicopata Americano (2000).

Obs: Se você ainda não viu o trailer, recomendo que pule esta etapa e vá direto ao cinema. Seguindo uma desastrosa onda atual, o trailer de O Abutre revela muito da trama, tirando grande parte do impacto de cenas que são extremamente poderosas quando vistas pela primeira vez.

o abutre (nightcrawler, 2014) 4

o abutre (nightcrawler, 2014) 2

o abutre (nightcrawler, 2014) 3

O Abutre (2014)
Nightcrawler, EUA, 117 min
Direção: Dan Gilroy
Roteiro: Dan Gilroy
Elenco: Jake Gyllenhaal, Rene Russo, Bill Paxton, Riz Ahmed
Fotografia: Robert Elswit
Edição: John Gilroy
Lançamento EUA: 31/10/2014
Lançamento Brasil: 18/12/2014

Anúncios