Crítica | Saga

S Por Guilherme Murayama

Saga. Sucesso de vendas no mercado norte-americano. Vencedora do Hugo Awards na categoria de melhor história gráfica. Três Eisner Awards, série em andamento, melhor escritor e melhor nova série. Seis Harvey Awards, incluindo série continuada, melhores autores e melhor edição solo. A primeira coisa que se deve dizer é que a nova HQ de Brian K. Vaughn (Y: The Last Man) e Fiona Staples demorou muito para chegar ao Brasil.

Predominantemente imaginativa, a aclamada série da Image Comics não tem os pés no chão e pode demorar um pouco para trazer imersão a qualquer leitor desavisado. Dito isso, Saga é uma história com capacidade e qualidades intermináveis. Tendo forte influência do universo de Star Wars (sabres de luz, espaçonaves e vida extraterrestre), apresenta características de fantasias épicas advindas da Idade Média e de mitos antigos, assim como Game of Thrones, Senhor dos Anéis e Crônicas de Nárnia. Acompanha-se nessa space opera a tempestuosa vida de um casal de culturas opostas. Marko e Alana, os protagonistas, são amantes de raças diferentes cujos povos estão em guerra entre si. Marko vem de Grinalda, o único satélite do planeta Aterro, e seu povo domina as artes místicas. Alana vem de Aterro, civilização tecnologicamente avançada, maior planeta da galáxia. Tidos como traidores por ambos os lados, o casal precisa fugir junto com a filha recém nascida: Hazel. Em meio a um conflito que se estendeu para outros mundos, essa história é sobre a busca por paz de uma pequena família envolta numa guerra colossal, o enredo não é sobre violência, mas sobre as consequências dessa hostilidade.

Diferente da regularidade temática que é de praxe entre histórias em quadrinhos e, ao mesmo tempo, com potencial para se tornar um clássico poderoso, Saga deve atravessar o tempo, mantendo-se como referência do melhor de sua época.

Nota: 10

 

Prêmios: Eisner Awards | Hugo Awards | Harvey Awards | British Awards

Autores: Brian K. Vaughan (roteiro) e Fiona Staples (arte) | Originalmente publicado em Saga #1 a #6.
Editora (EUA): Image Comics | Edição especial
Editora (BR): Devir Livraria
Preço (EUA): US$9,99
Número de páginas (EUA): 160
Número de páginas (BR): 168
Data de lançamento (EUA): Outubro de 2012
Data de lançamento (BR): Outubro de 2014
Público: Jovem/Adulto – contém cenas de sexo e violência

Anúncios